Saúde e Boa Forma

Image


Não existe jeito fácil de constatar isso: cigarro mata! E deve matar cerca de 200 mil brasileiros em 2017. Outras estimativas anunciam que 1 bilhão de pessoas irá morrer por causa do tabaco no mundo todo no século 21.

Mas apenas dizer que ele é fatal parece não bastar para os envolvidos com o Dia Nacional do Combate ao Fumo. É preciso evidenciar que o cigarro também está fortemente ligado a doenças graves como: câncer de boca, doenças do coração, bronquite, enfisema, câncer de pulmão e derrames cerebrais. Há também o risco de infertilidade masculina e impotência sexual.

Algo mais fácil de notar são os malefícios para pele, já que a nicotina no produto deixa a mesma opaca, amarelada e grossa. Fumar ainda causa rugas nas áreas dos olhos e lábios.

Vamos parar? Siga essas dicas fundamentais:
- A motivação é peça-chave para conseguir vencer esse processo. Sua determinação e autocontrole serão as forças motrizes para parar de fumar.
- Fuja da rotina. Muitos cigarros estão associados a certos momentos do dia. Pelo menos no início, você terá que cortar o café pela manhã que já puxa um cigarrinho ou então o costume após alguma refeição.
- Atividade já! Troque o cigarro por algum outro foco, de preferência exercícios. E evite descontar a ansiedade pela falta da nicotina na comida, pois é assim que nasce a lenda de que sem cigarro as pessoas engordam.
- Distâncie-se dos fumantes. Outra dica fundamental para o início do processo... Não frequente lugares que você sabe que estará repleto de fumantes. Aproveite esse “retiro” para fugir de eventos com bebidas alcoólicas.

E lembre-se desses benefícios quando pensar em desistir:
- Pele recuperada:  cor, textura e brilho.
- Aumento do fôlego.
- Melhora do paladar e olfato. Será uma nova vida!

Força e boa sorte!

Foto: Shutterstock.com

Image