Carreira e Emprego

Image


Ter tempo suficiente para equilibrar a carreira, passar tempo com a família e cuidar da saúde é o sonho da maioria das pessoas nos dias de hoje. A sensação de estar sempre correndo é esgotante e pode causar sérios danos, como o estresse e a insônia, por exemplo. Por isso, a gestão da sua agenda é uma habilidade muito valiosa e útil.

Mas você sabia que ficar obcecado para controlar tudo pode fazer mal à sua saúde? Isso porque o domínio muito rígido do tempo pode, na verdade, aumentar a ansiedade. Contar cada minuto só faz com que você se sinta mais frenético. É o que defende um novo estudo realizado na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos.

Ficar olhando o relógio faz mal para a saúde

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores recrutaram 104 voluntários que trabalharam em uma empresa fictícia por duas horas. Os participantes foram divididos em dois grupos e todos eram remunerados.

Apesar de todos receberem a mesma quantia pelo trabalho, os indivíduos do grupo que foi informado sobre a quantia exata paga por minuto apresentaram um nível 25% mais alto de estresse. Em longo prazo, esse considerável aumento é capaz de causar graves consequências na saúde.

O nível de estresse foi medido por meio do cortisol presente na saliva dos voluntários, um indício biológico do problema. Além disso, os pesquisadores acreditam que contar cada minuto também reduz a felicidade das pessoas. Várias pesquisas já mostraram que quem pensa que tempo é dinheiro, não aproveita a vida e se torna impaciente.

Foto: Shutterstock.com

Image